palavra-palestrante-arnaldo-jabor

Arnaldo Jabor

Comentarista político no Jornal da Globo e na Rádio CBN

Sobre

Cineasta e jornalista Arnaldo Jabor já foi técnico de som, crítico de teatro, roteirista e diretor de curtas e longas metragens.

Seus filmes mais reconhecidos são “Toda Nudez Será Castigada”, “Eu Te amo”, “Eu Sei Que Vou Te Amar”, que recebeu a “Palma de Ouro do festival de Cannes de 1986 e outros.

Na década de 1990, por força das circunstâncias ditadas pelo governo Fernando Collor de Mello, que sucateou a produção cinematográfica nacional, Jabor foi obrigado a procurar novos rumos e encontrou na imprensa o seu ganha-pão.

Estreou como colunista de O Globo no final de 1995 e mais tarde levou para a Rede Globo, no Jornal Nacional, Jornal da Globo e no Bom Dia Brasil, Jornal Hoje, Fantástico e também para a Rádio CBN, o estilo irônico com que comenta os fatos da atualidade brasileira.

Seus dois últimos livros Amor É prosa, Sexo É poesia (Editora Objetiva, 2004) e Pornopolítica (Editora Objetiva, 2006) se tornaram best-sellers instantâneos.

Participa como comentarista político no “Jornal da Globo” – TV Globo e na Rádio CBN.

Palestras

Política

Solicite mais informações sobre Palestrantes!

Fechar Menu